A prisão do ex presidente Lula está muito próxima de acontecer, afirmam os especialistas.

Condenado  a doze anos e seis meses, em acórdão proferido por um colegiado de desembargadores (TRF4), pela prática de diversos crimes como lavagem de dinheiro, caixa dois, corrupção passiva e ativa, entre outros, o petista recorreu ao STF para que a pena não fosse cumprida logo após o julgamento dos embargos de declaração.

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou um pedido formulado pelo ex presidente.

Além disso, Fachin submeteu a decisão final sobre o caso ao plenário do STF, formado pelos mais dez ministros da Corte.

Bastidores da Politica com Helderley Vieira

Posts relacionados